domingo, 15 de maio de 2011

Técnicas abortivas

Existem diversas formas de se induzir a saída de um embrião, que vão dos mais experimentais e desesperados à clínicas clandestinas. Pode-se dividir os métodos abortivos em:

Procedimentos médicos:
  • Sucção no primeiro trimestre _ o método, como sugere o nome só pode ser realizado até o fim do primeiro trimestre. Com cirurgia local ou geral, insere-se um tubo que suga o "produto da concepção";
  • Curetagem _ também realizada até o terceiro mês. Ocorre com a raspagem do útero com a cureta, objeto com forma de colher. Retira grande quantidade de tecido, podendo levar a esterelidade;
  • Amniocentese ou envenenamento por sal _ entre a 16ª e a 24ª semana de gestação. Retira-se o fluido aminiótico e o substitui por uma solução salina, causando contrações e expulsão por parto natural prematuro.
Produtos farmacêuticos via oral ou vaginal:
  • Misoprostol, prostaglandins, estrogen, laxativos, quinino, oxitocins.
Produtos naturais adiministrados via oral ou vaginal:
  • Chás e infusões preparadas para essa finalidade, determinadas algas marinhas, bebidas alcólicas (em grandes quantidades), substâncias cáusticas;
  • O risco de morte geralmente acompanha o risco de aborto.
Trauma voluntário.


As condições escolhidas dependem, na maior parte dos casos, da condição financeira e mesmo da instrução da mulher que opta por esses métodos. Em locais onde o aborto é permitido o método de sucção é geralmente o mais usado, por apresentar menos danos.


Visite também:
http://legalizacaodoaborto.vilabol.uol.com.br/legalizacao.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário